Entrar

Projeto: Construindo um Miniaquário

Agropecuária

Original Teachy

Introdução à Aquicultura

Contextualização

Introdução Teórica

A Aquicultura é uma prática agrícola que se preocupa com a criação organizada, controlada e sustentável de organismos aquáticos, essenciais para a dieta e economia de muitas culturas ao redor do mundo. Envolve uma variedade de espécies, incluindo peixes, crustáceos, moluscos e plantas aquáticas. A sustentabilidade é um pilar central da aquicultura, tentando suprir a demanda global sem causar grandes impactos negativos ao meio ambiente.

Dito isso, entender que a aquicultura não envolve somente a criação de peixes é crucial. Muitos tipos de plantas aquáticas e algas, por exemplo, são cultivadas em larga escala para alimentação, decoração, e até mesmo para a produção de bio-combustíveis. A Maricultura, por sua vez, é uma subcategoria da aquicultura, que trata mais especificamente da criação de organismos marinhos, em ambiente marinho.

A aquicultura também é responsável por uma porção significativa da produção global de alimentos. Segundo a Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura (FAO), a aquicultura é a fonte de metade dos peixes consumidos em todo o mundo e é o setor de produção de alimentos de mais rápido crescimento.

Contextualização

Por que a aquicultura é importante? Bem, com a pesca natural cada vez mais incapaz de atender à demanda global devido à superexploração, poluição e mudanças climáticas, a aquicultura emerge como uma solução sustentável e eficiente para fornecer alimentos de qualidade e acessíveis. Além disso, dada a sua escala e grande variedade de aplicações, a aquicultura pode ter um impacto considerável na economia, tanto em escala local como global, criando oportunidades de emprego e contribuindo para o desenvolvimento das comunidades.

No entanto, a aquicultura requer uma gestão adequada para garantir a sustentabilidade. Práticas inadequadas podem levar a problemas ambientais, como a poluição da água, a introdução de espécies não nativas e a propagação de doenças. Portanto, a gestão eficiente dos recursos hídricos, a prevenção de doenças e a implementação de práticas de biosegurança são fundamentais.

Recursos Extras

Aqui estão algumas leituras e recursos adicionais para você se aprofundar ainda mais e expandir seu conhecimento sobre aquicultura:

  • [O papel da aquicultura na segurança alimentar global]
  • [Práticas sustentáveis na Aquicultura]
  • [Documentário “The Fish on My Plate” no PBS]
  • [Introdução à Aquicultura - FAO]

Atividade Prática

Construindo um Miniaquário

Objetivo do projeto

O projeto tem o objetivo de permitir aos alunos a possibilidade de criar e gerir um pequeno ecossistema aquático. Com o acompanhamento da evolução do sistema ao longo de uma semana os alunos terão a oportunidade de observar a importância dos diferentes elementos que compõem esse sistema.

Materiais necessários

  • Um aquário pequeno (30 cm x 20 cm x 20 cm é suficiente), com tampa para evitar que os organismos escapem e possíveis predadores entrem.
  • Pequenas espécies de peixes (preferencialmente de água doce), geralmente vendidos em lojas de animais.
  • Plantas aquáticas
  • Pedras e/ou cascalho (vendidos em lojas de animais)
  • Bomba de ar (para garantir a oxigenação da água)
  • Ração para os peixes
  • Kit de teste de água (para verificar o pH, amônia, nitrito e nitrato)
  • Termostato e aquecedor (opcional)
  • Rede peque de pescar para manipulação dos peixes

Descrição detalhada da Atividade

Grupos de 3 a 5 alunos irão construir e gerenciar o seu próprio miniaquário por um período de uma semana. Durante este tempo, eles devem registrar suas observações, fazer medições físico-químicas (como pH, temperatura, nitrito, nitrato e amônia), alimentar os peixes, cuidar da limpeza do aquário e monitorar o comportamento dos organismos.

Passos detalhados para a realização da atividade

Dia 1 - Construção do ambiente aquático

  1. Limpeza do aquário: o aquário deve ser limpo com água morna e sem usar qualquer produto químico.
  2. Instalação da bomba de ar.
  3. Adição de pedras/cascalho: adicione uma camada de cerca de 5 cm de profundidade no fundo do aquário.
  4. Adição de água: adicione água no aquário até um nível de cerca de 5 cm abaixo da borda.
  5. Adição das plantas aquáticas: posicionem as plantas de aquário no cascalho.
  6. Adição dos peixes: usando a rede, transfiram os peixes para o aquário (não se esqueçam de ajustar a temperatura da água do aquário para ser similar à dos peixes).

Dia 2 a Dia 7 - Gerenciamento do Aquário

  1. Alimentação dos peixes: os peixes devem ser alimentados uma vez por dia.
  2. Monitoramento do aquário: os alunos devem verificar a qualidade da água diariamente, além de observar os peixes e as plantas.
  3. Manutenção do aquário: uso do kit de teste para verificar níveis de pH, nitrito, nitrato e amônia. Qualquer irregularidade deve ser relatada ao professor.
  4. Registro das atividades: os alunos devem anotar todas suas observações, resultados dos testes e atividades realizadas em um diário de bordo.

Entregáveis do projeto

  1. Diário de bordo: um registro dos dados coletados, atividades realizadas e observações diárias sobre o sistema do aquário.

  2. Relatório final: Os alunos irão elaborar um relatório com os seguintes tópicos:

    • Introdução: Contextualização sobre aquicultura e relevância da atividade prática. O objetivo da atividade também deve ser mencionado.
    • Desenvolvimento: Apresentação dos dados coletados, da metodologia empregada (como o aquário foi montado, manutenção e gerenciamento da atividade) e discussão dos resultados obtidos. Aqui, os alunos devem explicar como interpretaram cada teste realizado, correlacionar eventos do diário de bordo às ações realizadas e destacar qualquer problema encontrado e as soluções adotadas.
    • Conclusão: Refletir sobre o aprendizado obtido para a prática da aquicultura, retomar os pontos principais e relatar as conclusões tiradas com base na experiência prática.
    • Bibliografia: Citando os materiais de apoio utilizados para realizar a atividade e elaborar o relatório.

A duração prevista desse projeto é de uma semana. Cada aluno deve esperar dedicar entre 2 a 4 horas ao longo desta semana para a atividade prática e a elaboração dos relatórios solicitados.

Iara Tip

DICA DA IARA

Precisa de materiais para apresentar o tema do projeto em sala?

Na plataforma da Teachy você encontra uma série de materiais prontos sobre esse tema! Jogos, slides, atividades, vídeos, planos de aula e muito mais...

Quem viu esse projeto também gostou de...

2023 - Todos os direitos reservados

Termos de usoAviso de PrivacidadeAviso de Cookies