Entrar

Projeto: Empathy in Debate: Projeto de Role-play Empático

Clube de Debates

Original Teachy

Debate e o desenvolvimento de Empatia

Contextualização

Introdução Teórica

Debater é, antes de tudo, um exercício de empatia. Sem a capacidade de ver uma questão de todos os ângulos, a única forma de argumento que podemos fazer é a nossa própria - uma perspectiva limitada, para dizer o mínimo. No mundo contemporâneo onde a diversidade de opiniões e perspectivas cresce cada dia mais, é fundamental que desenvolvamos a capacidade de compreender e respeitar os pontos de vista dos outros, mesmo quando estes não coincidam com os nossos.

A empatia é o ato de profundamente entender a perspectiva, os sentimentos e as motivações do outro. É importante deixar claro que sentir empatia não significa necessariamente concordar com o outro, mas sim compreender de onde ele vêm. Já no debate, a empatia assume um papel fundamental, pois é essencial para se comunicar efetivamente, entender os argumentos da outra parte e para garantir que todos os participantes sintam-se respeitados e ouvidos.

Nesse sentido, diferenciar empatia e simpatia é também uma etapa importante. Enquanto a empatia é um sentimento genuíno de compartilhamento do sentimento do outro, a simpatia representa uma afeição baseada no conhecimento de outra pessoa e frequentemente envolve se sentir triste, ou ter pena, pelo sofrimento do outro. Sendo assim, durante um debate, a empatia é mais enriquecedora porque nos conecta a experiência do outro ao invés de julgar de uma perspectiva externa.

Contextualização e Importância do Tema

O exercício de debate com empatia tem um valor aplicado inegável no mundo real. Basta pensar em qualquer meio ambiente onde haja a necessidade de tomar uma decisão baseada em opiniões variadas: o ambiente de trabalho, o entorno familiar, reuniões de conselho e, a nível macro, a política. Em todos esses ambientes, a habilidade de argumentar de forma empática pode ser o fator determinante para o alcance de acordos e resoluções de conflitos.

Além do mais, a prática de debate e sua conexão com a empatia tem uma implicação profunda na forma como nos relacionamos com o mundo. Em um mundo cada vez mais polarizado, a empatia tem a potência de nos humanizar, de nos aproximar da experiência do outro e, finalmente, de nos lembrar que somos todos parte de uma mesma humanidade.

Materiais Extra

Para se aprofundar no assunto sobre empatia, recomendo a leitura do livro “A Arte de Ter Razão: 38 Estratégias para Vencer qualquer Debate” de Arthur Schopenhauer. E para entender melhor sobre comunicação e debates, sugiro a TED Talk "The danger of a single story" da escritora Chimamanda Ngozi Adichie e o curso online gratuito "Intro to Psychology" da Universidade de Toronto, disponível no Coursera.

Atividade Prática

Empathy in Debate: Projeto de Role-play Empático

Objetivo do Projeto

O objetivo deste projeto é desenvolver habilidades de debate e empatia entre os alunos através de uma série de debates em grupo estilo role-play. No final, os alunos entenderão e poderão aplicar as técnicas de escuta ativa, comunicação não-violenta, interpretação empática e expressão empática.

Materiais Necessários

  • Lista de tópicos de debate
  • Cronômetro
  • Folhas de papel e canetas para anotações durante o debate
  • Câmara ou smartphone para gravação dos debates (opcional)

Descrição Detalhada do Projeto

Este projeto consistirá em várias sessões de debate em grupo, onde cada aluno terá que representar diferentes pontos de vista sobre um mesmo tópico, independentemente de suas próprias crenças pessoais. A ideia deste exercício é permitir que os alunos experimentem diferentes perspectivas e desenvolvam empatia pelos argumentos dos outros. Este exercício de discussão será realizado várias vezes, ao longo do mês de duração do projeto, visando aprimorar as habilidades de empatia.

Passo a Passo Detalhado para a Realização da Atividade

  1. Divisão dos Grupos: Divida os alunos em grupos de três a cinco pessoas. Cada grupo deve escolher um moderador que irá garantir a ordem e os tempos durante as discussões.

  2. Seleção dos Tópicos para Debates: O professor deve fornecer uma lista de tópicos para debate. Os tópicos devem ser suficientemente divididos para que haja um mínimo de duas opiniões diferentes plausíveis.

  3. Preparação dos Argumentos: Cada grupo deve preparar argumentos para cada um dos pontos de vista do tópico em debate. É importante que os alunos pesquisem e se preparem adequadamente para apresentar argumentos convincentes para cada ponto de vista.

  4. Debates em Grupo: Os grupos deverão realizar debates, onde cada membro do grupo representa um ponto de vista diferente. Cada debate deve durar cerca de 20-30 minutos. Os debates podem ser gravados para revisão posterior.

  5. Revisão dos Debates: Após cada debate, deve haver um tempo para a revisão. Durante este tempo, cada grupo deve discutir e refletir sobre os argumentos apresentados, a eficácia da comunicação e o grau de empatia demonstrado.

  6. Modificações e Ajustes: Após o feedback, os grupos fazer correções e ajustes necessários e após isso, podem começar a preparar-se para o próximo debate sobre um novo tópico.

  7. Relatório Final: No final do projeto, cada grupo deve preparar um relatório detalhado do projeto discutindo os conceitos teóricos por trás do debate e a empatia, a descrição detalhada das atividades realizadas, a metodologia empregada, os resultados obtidos e as conclusões finais. Este relatório deve ser completo, explorando profundamente os temas de debate e empatia à luz do seu projeto.

Entregas do Projeto

No final deste projeto, cada grupo deve apresentar:

  1. Ambos os pontos de vista argumentados no debate sobre os temas discutidos.

  2. Auto-avaliações de sua execução do debate incluindo comentários sobre os níveis de empatia demonstrados tanto na expressão de suas opiniões quanto na audição dos outros.

  3. Um Relatório Final escrito com a estrutura: Introdução (contextualizando o debate e a empatia), Desenvolvimento (o que foi feito, como foi feito, quais os resultados), Conclusões (reflexões, aprendizados, conclusões tiradas), Bibliografias (fontes consultadas durante o projeto).

O professor deverá avaliar os debates, o desenvolvimento das habilidades de empatia, e os relatórios finais dos grupos.

Iara Tip

DICA DA IARA

Precisa de materiais para apresentar o tema do projeto em sala?

Na plataforma da Teachy você encontra uma série de materiais prontos sobre esse tema! Jogos, slides, atividades, vídeos, planos de aula e muito mais...

Quem viu esse projeto também gostou de...

2023 - Todos os direitos reservados

Termos de usoAviso de PrivacidadeAviso de Cookies