Entrar

Projeto: Desvendando a Fração Molar na Prática

Química

Original Teachy

'EM13CNT303'

Unidades de Concentração: Fração Molar

Contextualização

A fração molar é um conceito fundamental em química que representa a proporção de um componente em uma mistura de substâncias. É um método útil para quantificar a proporção de uma substância em uma mistura, e é especialmente importante em reações químicas e na produção de compostos químicos. Adicionalmente, a fração molar é frequentemente utilizada em cálculos envolvendo a lei dos gases ideais e a lei de Raoult.

Dentro do universo dos cálculos químicos, a fração molar se apresenta como um conceito essencial para diversas situações, pois permite entender a composição quantitativa de uma mistura de elementos ou compostos. Essa compreensão é fundamental não só para o laboratório de química, mas também para processos industriais, atividades farmacêuticas e até mesmo para a compreensão de fenômenos ambientais, como a composição do ar que respiramos.

Introdução

A fração molar de um componente em uma mistura é a razão do número de moles do componente para o número total de moles na mistura. Dito de outra maneira, a fração molar é a porcentagem da mistura que é composta pelo componente em questão. O somatório das frações molares de todos os componentes em uma mistura deve ser igual a 1.

Para calcular a fração molar, primeiro é necessário converter as massas de cada componente em moles, o que pode ser feito com o uso da massa molar. Posteriormente, é preciso dividir o número de moles de cada componente pelo número total de moles na mistura. Este cálculo pode ser aplicado tanto a elementos quanto a compostos químicos.

No entanto, entender e calcular fração molar não se restringe apenas à disciplina de Química. Este conceito é também essencial em áreas de estudo como Física e Biologia. Em Física, a fração molar é relevante no estudo dos gases e na compreensão do comportamento das partículas. Já em Biologia, a fração molar tem importância em diversos processos bioquímicos, como a fotossíntese.

Atividade Prática

Título da atividade: Desvendando a Fração Molar na Prática

Objetivo do projeto:

O objetivo deste projeto é explorar na prática o conceito de fração molar através da realização de um experimento em laboratório, a análise dos dados coletados e a posterior elaboração de um relatório técnico.

Descrição detalhada do projeto:

Divididos em grupos de 3 a 5 alunos, vocês irão realizar uma atividade experimental que envolve o preparo de diferentes soluções para o cálculo de sua fração molar. Este experimento tem o intuito de reforçar o entendimento do conceito de fração molar e suas aplicações práticas. Além disso, essa atividade promoverá a interdisciplinaridade, visto que será necessário aplicar conhecimentos de Matemática na execução dos cálculos.

A atividade será dividida em três fases: preparação das soluções, realização de medidas e cálculos e elaboração de um relatório técnico. Ressalta-se que para a discussão dos resultados, deverá ser feita uma pesquisa bibliográfica.

Em relação ao tempo, estima-se que cada aluno precise dedicar mais de doze horas para a execução completa do projeto, distribuídas entre estudo do tema, realização do experimento e elaboração do relatório.

Materiais necessários:

Os seguintes materiais serão necessários para a realização do experimento:

  1. 3 balões volumétricos de 100mL
  2. Balança analítica
  3. Solução de cloreto de sódio (NaCl)
  4. Água destilada
  5. Pipetas
  6. Becker
  7. Eppendorf
  8. Micropipetas

Passo a passo detalhado para a realização da atividade:

  1. Prepare 3 soluções diferentes com concentrações conhecidas de NaCl em balões volumétricos de 100mL. As concentrações deve ser decididas em grupo levando em consideração a faixa de precisão da balança.
  2. Registre a massa utilizada de NaCl e o volume total de cada solução.
  3. Calcule a fração molar de cada solução e crie uma tabela com os valores obtidos.
  4. Utilizando os dados coletados e os conceitos aprendidos, os grupos devem elaborar um relatório estruturado nos seguintes tópicos: Introdução, Desenvolvimento, Conclusões e Bibliografia.

Obs: Lembre-se de seguir todas as normas de segurança durante a realização do experimento.

Entregas do projeto:

Ao final do projeto, os grupos devem entregar o seguinte:

  • Relatório escrito: Este documento deve ser estruturado em quatro seções: introdução, desenvolvimento, conclusões e bibliografia. Na introdução, além de contextualizar o tema, relevância e aplicação no mundo real, o objetivo do projeto deve ser claramente esclarecido. O desenvolvimento deve explicar a teoria por trás da fração molar, detalhar a atividade experimental realizada, a metodologia utilizada, apresentar e discutir os resultados obtidos. Na conclusão, retome os pontos principais, explicite os aprendizados obtidos e as conclusões retiradas sobre o projeto. Na bibliografia, indique as fontes em que se basearam para trabalhar no projeto, como livros, páginas da web, vídeos.
  • Apresentação oral: Cada grupo apresentará ao restante da classe os resultados de seu experimento e as conclusões a que chegaram, abrindo um espaço para discussão e compartilhamento de ideias.

2023 - Todos os direitos reservados

Termos de usoAviso de PrivacidadeAviso de Cookies